Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Viu-o ontem

Ontem vi o PC mais uma vez. Ele continua o mesmo. Ou melhor, está pior. Está muito parecido socialmente com o meu irmao e eu não gosto nada, nada mas nada disso. Mas também não é para eu gostar.

Ele estava lá com algumas pessoas e nós estavamos ao lado sentados, foi ele que foi lá ter, não fomos nás a ir ter com ele.

É incrivel, continua na mesma, tentei olhar pouco para ele, isto se é que é possivel porque o meu olhar não me correspondia, mas ele também olhou para mim, provavelmente estava-se a lembrar da chata que lhe fazia a vida negra à uns anos atrás.

Não lhe consegui ver a cicatriz, tenho pena.

Gostava tanto que as coisas fossem diferentes. Gostava que apesar dos defeitos dele, que ele sentisse remorsos, ou senti-se alguma curiosidade de me conhecer, de conhecer a rapariga que o amou e que se declarou tantas e tantas vezes e que ele ignorou e maltratou.

Eu o amei, ele não pode nem imaginar o quanto.

É pena. Acho que foi a última vez que o vi. Agora talvez só nas festas. Mas mesmo assim gostava de saber o que ele faz da vida. Mas não sei como, acho que é a primeira vez que sinto isto a acontecer-me. Querer saber alguma coisa sobre alguém e não ter como.  Estava ali tão perto e ao mesmo tempo tão longe.

Música: James Blunt - Same Mistake
tags: , ,

O amor da minha vida

Não posso continuar a alimentar uma paixão ou a obcessão, ou o que raio é isto que eu sinto por ele.

Ele nunca me deu nada de bom, este amor / paixão nunca me deu nada. Ele nunca foi aquilo que eu pensava  que era.

A culpa nunca foi dele  embora ele não valha um único chavo , mas não foi. A culpa foi sempre minha porque fui sempre eu que idealizei algo que não existe nem nunca existiu. Mas apesar disto eu amei-o, amei-o e muito.

Faz-me lembrar aquela novela  Duas Caras. Ela amou um homerm toda a vida que nunca existiu, um homem que era uma invensão. E sempre o amou mesmo que não quissese. Talvez eu também o continue a mar mas, não o quero e sei que não o quero. Nem se quer vale a pena.

Às vezes há histórias assim que nunca acabam mas que acabam. Quantos amores não há assim por esse mundo fora?

As pessoas que se amam nem sempre ficam juntas porque uma relação não se faz apenas de amor  e isto no verdadeiro sentido desta palavra pois  apesar de já se terem passado 7 anos e apesar de me ter interessado por outros rapazes, a verdade é que ele ainda cá esta, com menos força mas ainda cá está. E mesmo agora que o tenho visto, sinto que ele vai ficar sempre, e que nunca mais vou voltar amar alguém como o amei a ele e como o amo, ou talvez ame aquilo que eu amei ou o amor  e não propriamente a ele.

Um dia alguém disse "Não se ama a pessoa, ama-se o amar". Talvez seja verdade, mas eu sei que por muitas mais pessoas que venha a amar  nunca nenhuma será como ele.

Está tudo muito mais claro na minha cabeça. Tenho pena pois nunca consegui concretizar o grande amor da minha vida. Mas sei que vou concretizar outros amores, outras paixoes. Vou concretiza-las porque agora não tenho aquele sentimento a bloquear o meu coração embora ele continue lá e sempre continuará. 

Estou:
Música: James Blunt - Same Mistake
tags: , ,
Publicado por tataflor às 17:57
link | Comenta AQUI!!! | Adicionar aos favoritos!!!
Segunda-feira, 15 de Maio de 2006

Amar!

Adoro este Poema!!!

"Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar!Amar!E não amar ninguém!

Recordar?Esquecer?Indiferente!...
Prender ou desprender?É mal?É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó,cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar..."

Florbela Espanca
tags: ,
Publicado por tataflor às 12:02
link | Comenta AQUI!!! | Adicionar aos favoritos!!!

i3mais sobre mim

i3Pesquisa AQUI!!!!

 

i3últ. postes

i3 Viu-o ontem

i3 O amor da minha vida

i3 Amar!

i3Arquivo

i3Os meus favoritos

i3 Faça como a água contorne...

i3 Saudade...

i3 Caçador de Sois

i3 Apenas um desabafo...

i3 Who Knew

i3 No promises

i3tags

i3 todas as tags

blogs SAPO
RSS