Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

Save me

Mais uma vez não sei muito bem o que dizer. Mas principalmente não sei o que sentir.

Fogo, porque raio isto foi acontecer logo comigo? Porquê? Eu tenho de esquecer isto tudo de uma vez por todas. Queria tanto que esta historia tivesse um final diferente daquele que a vania teve. por outro lado isto tudo é tão estranho, é tão inimaginavél.

A única coisa que queria era poder estra com ele nem que fosse para perceber se isto que sinto é ou não é o que realmente penso que é. Se é que isto é alguma coisa.

Não sei mesmo o que fazer. É como se não tivesse para onde ir. É como se só houvesse um vazio dentro de mim. Porque raio isto me foi acontecer logo a mim?

Preciso tanto de respostas. Preciso tanto de perceber o que se passa no meu coração. Preciso tanto que isto acabe para eu ter paz.

Estou: muito confusa
Música: Save me - Hanson
Publicado por tataflor às 23:18
link | Comenta AQUI!!! | Adicionar aos favoritos!!!
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Ajudem-me!!!!

Nem sei como começar a escrever o que quero dizer ao mundo. Sobre o que aconteceu só sei dizer que não sei bem o que sinto.

Não é a primeira vez que penso que se o que as pessoas insinuam possa ou não ser real. Sempre acabei por concluir dentro de mim que tal coisa é impossível. É impossível porque somos muito diferentes, porque temos estilos de vida diferentes, porque temos vidas e amigos também muito diferentes. Mas sobretudo porque ele é como um irmão que tenho.

A nossa relação sempre foi de amor/ódio. É uma relação estranha porque nem é bem amor/ódio. Porque se ao mesmo tempo me dá vontade de bater-lhe sempre que faz asneiras e de eu ser ainda a única pessoa que ele tem a dizer-lhe que ser padre não é de todo o melhor para uma pessoa tão festeira como ele (sim, eu disse mesmo padre), por outro lado ele quando quer consegue magoar-me de uma maneira que muito poucas outras pessoas o conseguem fazer. Apesar disto eu não considero que goste ou que alguma vez gostei dele ao contrario do que muitas pessoas insinuam. Eu gosto muito dele e ele sabe disso, alias já lho disse, e acredito que ele também tenha alguma estima por mim, mas para alem disso não acreditava que algo mais existisse, até porque nós só nos vemos no Verão, apesar de vivermos durante o ano todo na mesma cidade. No resto do ano o pessoal separa-se, vai cada um para cada canto e só se volta a saber do pessoal se nos encontrar-mos por acaso ou se algo de mal acontecer.

Algo mudou este Verão, foi algo muito ridículo. Foi apenas e só uma amiga comum da qual já à muito tempo que não via que perante uma pequena, simples e inútil desentendimento entre mim e ele, vira-se para nós e diz: "Bem vocês parecem mesmo um casal".  Mas o pior é que ela é completamente distraída e não costuma insinuar nada de nada, até porque para ela, ele ir para padre parece-lhe bem. Isto dito da boca dela com a maior descontracção do mundo e quando neste verão eu e ele nem picamos muito um com o outro abalou-me e fez-me repensar no que sempre acreditei, ou seja, que o vejo como um irmão. Já para não falar que ontem que foi o ultimo dia que o vi este verão e onde trabalhávamos no ultimo dia de quermesse, alguém se vira em pleno salão cheio de gente e diz "Oh Padre, vem cá ver isto!". Aquilo irritou-me tanto... Imaginem só que me apeteceu voltar para o homem que disse aquilo, e não me parece que o tenha feito com má intensão, e dizer "Fodasse, ele não é padre, caralho!". Juro, estava-me a corroer toda, e olhem que eu para alem de não utilizar este palavreado, nem sou de dar nas vistas desta maneira. Mas a verdade é que continuo a achar que somos muito diferentes, ele quer ser padre e eu cada vez menos acredito em Deus. E mais, ele está cada vez mais enterrado na ideia de ser padre.

Eu juro sinceramente que não quero e nem penso em ter nada com ele mas desde que a nossa amiga disse aquilo esta historia não me sai da cabeça. Pior ainda é os meus amigos mais próximos serem todos nossos amigos comuns e eu não poder desabafar com ninguém sobre este assunto, mas até é melhor porque eu até já sei o que me vão dizer e é por isso que vos estou a pedir ajuda para eu perceber que clique foi este que me deu, ou se isto é só uma estupidez e que daqui a menos de um mês já não me lembro porque já voltei á minha rotina normal.

Ainda bem que este blog não é conhecido por nenhum conhecido meu e espero que nunca o venha a ser.

Comentem... Ajudem-me....

Espero nao me vir a arrepender de ter escrito isto.

Estou:
Música: Ele e Ela - Anabela
tags:
Publicado por tataflor às 03:21
link | Comenta AQUI!!! | Adicionar aos favoritos!!!

i3mais sobre mim

i3Pesquisa AQUI!!!!

 

i3últ. postes

i3 Save me

i3 Ajudem-me!!!!

i3Arquivo

i3Os meus favoritos

i3 Faça como a água contorne...

i3 Saudade...

i3 Caçador de Sois

i3 Apenas um desabafo...

i3 Who Knew

i3 No promises

i3tags

i3 todas as tags

blogs SAPO
RSS